NATAL DE 2012. 24/12 – SSA-BAHIA. E QUE DEUS PERDOE RENATA BENEVIDES DE ARAÚJO MOREIRA E A TODOS NÓS

NATAL DE 2012. 24/12 – SSA-BAHIA. E QUE DEUS PERDOE RENATA BENEVIDES DE ARAÚJO MOREIRA E A TODOS NÓS

 
“NATAL DE 2012. 24/12 – SALVADOR-BAHIA. DUDA, MEU AMOR, MEU FILHO.” SUA MENSAGEM PARA MIM: Mãe, que o Espírito Santo de Deus lhe proteja, hoje e sempre. Muito obrigado por ser a mãe que a sra. é para mim. Sei que, apesar de toda agonia, de todo nervoso e ansiedade, tudo que faz e diz é para o meu bem. Jamais Duvidei disto, um minuto sequer. Como sempre digo, desculpe por não ser um filho melhor para a sra. Sei no que peco, e irei melhorar aos poucos. Não pense que estou satisfeito com a minha situação atual. Quero apenas a oportunidade de entrar e me manter em uma faculdade para que minha vida retorne aos trilhos que deveriam estar. Que Deus lhe abençoe. A sra. é a melhor mãe que jamais pude imaginar. Nunca pense mal de sí mesma, ou se culpe pelo que os outros fazem ou são. Faça, mas não espere muito das pessoas também, e a sra. será mais feliz. “Homenagem às mães Mãe, amor sincero sem exagero. Maior que o teu amor, só o amor de Deus… És uma árvore fecunda, que germina um novo ser. Teus filhos, mais que frutos, são parte de você… És capaz de doar a própria vida para salva-los. E muito não te valorizam… Quando crescem, de te esquecem. São poucos, os que reconhecem… Mas, Deus nunca lhe esquecerá. E abençoará tudo que fizerdes aos seus… Peço ao Pai Criador que abençoe você. Um filho precisa ver o risco que é ser mãe… Tudo é cirurgia, mas ela aceita com alegria. O filho que vai nascer… Obrigado é muito pouco, presente não é tudo. Mas, o reconhecimento, isso! Sim, é pra valer… Meus sinceros agradecimentos por este momento. (…) J.Bernardo”
***
ERROS E “CONSERTÁ-LOS”, A GENTE CRESCE ASSIM E QUANDO CHEGA A PLENITUDE DA SABEDORIA, O ÁPICE, O IDEAL, A GENTE MORRE PARA QUE OUTROS SE TRANSFORMEM E ENCONTREM O SEU CAMINHO NA BASE DE ERROS E ACERTOS, ASSIM COM EU E COMO TODOS OS SERES HUMANOS, E APARA AS “ARESTAS” A SEREM LAPIDADAS, E MÃE É PARA AJUDAR A ESTAS “CIRURGIAS”, ÀS VEZES SEM O ENTENDIMENTO DO FILHO(A), AS VEZES COM MUXOXOS. MAS SEI QUE SEMPRE BEM ACEITOS, E DEPOIS O TEMPO DIRÁ VOCÊS, O TEMPO, ELE É O MELHOR ACONSELHADOR.
O QUE DESEJO E DESEJEI PARA VOCÊ E SUA IRMÃ, AS LUTAS PELAS QUAIS PASSEI, AS LÁGRIMAS DE AFLIÇÕES E DESESPERO QUE DERRAMEI FOI UM ALÍVIO AGORA DE VER VOCÊ, E SUA IRMÃ “RENATA BENEVIDES DE ARAÚJO MOREIRA”, QUE NÃO MAIS FALA COMIGO E QUASE ME ENLOUQUECE. E QUE ATÉ HOJE EU NÃO ENTENDO POR QUE SE AFASTOU DE MIM, NÃO FALA COMIGO, A PONTO DE ME EXPOR CRUELMENTE NO DIA DE CASAMENTO NAO ME AVISANDO, EU SEM SABER QUE ELA ESTAVA CASANDO (QUE CORAGEM, RENATA TOMAR ESTA ATITUDE, QUE FALTAD E GENEROSIDADE. ESTA POSTURA VOCÊ NÃO APRENDEU COMIGO), E EU NÃO ESTANDO NA IGREJA (DE NADA SABIA), E USANDO MEU NOME NO CONVITE DE CASAMENTO, SEM MINHA PERMISSÃO JÁ QUE NÃO IRIA ME CONVIDAR, AFINAL ESTOU VIVA E NÃO ESTAVA LÁ. O QUE PENSARAM OS QUE COMPARECERAM? QUE MÃE É A DE RENATA? FOI UMA DOR LANCINANTE EM MEU CORAÇÃO E A MINHA ALMA ESTÁ ULCERADA ATÉ HOJE. UMA FILHA AMADA PERDIDAMENTE, PROFUNDAMENTE, E FILHA ÚNICA POR DEZ (10) ANOS E DEPOIS CHEGOU VOCÊ, MEU AMOR, DEPOIS DE DEZ ANOS DE MINHA BONECA (RENATA) E QUE PODERIA COLOCAR ATÉ MEU NOME EM SEU CONVITE DE CASAMENTO E COLOCAR “IN MEMORIAM”. AFINAL JÁ MORRI PARA ELA..
***
OLHA MEU FILHO, DEPOIS DAS LUTAS PARA VER A MINHA FILHA RENATA DAR SEU SALTO PARA DO TRAMPOLIM PARA VIVER A SUA VIDA E EU DE MÃOS DADAS COM ELA E DEPOIS ELA VOOU PARA O MUNDO, AGORA É A SUA VEZ. EU PRECISO ESTAR COM VOCÊ E AINDA ESTOU DE MÃOS DADAS COM VOCÊ, AJUDANDO-O A SUBIR DEGRAU POR DEGRAU DO TRAMPOLIM, MEU AMOR. AFINAL EU QUIS DE TODO MEU CORAÇÃO E ALMA QUE VOCÊS NASCESSEM.
E DEUS ME DISSE MENTALMENTE: TOME SÃO SÃO SEUS ESTE FILHO E FILHA, MORRERAM DOIS: VICTOR E FERNANDINHA (ENTREGO A DEUS), QUE LHE DOU, E EU FIZ O MEU MELHOR E SE ERREI EM ALGUM PONTO DA ESTRADA, ME PERDOEM, AFINAL SOU HUMANA, LEMBRAM-SE E MÃE É IGUAL A VOCÊS COM ERROS E ACERTOS.
ESTE ANO QUE SE AFASTA DE NÓS (2012) FOI DE DOR DA ALMA. FOI UM ANO DE CONQUISTAS TAMBÉM E VAMOS CHEGAR LÁ, DUDA. COM VONTADE, DETERMINAÇÃO, FIRMEZA. PASSO A PASSO. DEGRAU DA DEGRAU.
IRIA JÁ INICAR PRATICAMENTE, 2013, NA JUSTIÇA, COM PROCESSO DE “ALIENAÇÃO PARENTAL” CONTRA “RENATA BENEVIDES DE ARAÚJO MOREIRA” QUE NÃO DEIXA EU TER CONTATO COM O NETO XXX,, FILHO DELA E DE RODRIGO, MEU NETO. MAS QUER SABER, DEIXA PARA LÁ. SÓ ESPERO QUE A AUSÊNCIA DA AVÓ MATERNA QUE AINDA VIVE, E QUE ELA TERÁ QUE EXPLICAR OS MOTIVOS QUE A MÃE O AFASTOU DE MIM SERÁ PIOR QUE UM PROCESSO JUDICIAL DE UM JUIZ DA INFÃNCIA E JUVENTUDE.
PRONTO, FALEI…
***
“Conselho Ao Filho Adulto” – DUDA

Poeta Sebastião Dias

Por favor, filho querido
Me escute, pense bem
“Sua velha mãe”* quer lhe dar
O valor que você tem

Você está na idade
De alcançar a liberdade
De fazer sua vontade
De tornar-se homem também

Tem umas coisas meu filho
Que eu queria lhe dizer
Lhe eduquei como podia
Já cumpri com o meu dever

Você agora decida
O futuro lhe convida
Eu gerei, Deus deu a vida
É você quem vai viver

Tem espinhos no começo
Aguarde flores no fim
Respeite os seus semelhantes
Siga o bom, deixe o ruim

Por onde você passar
Reconheça o seu legado
Pra ninguém se envergonhar
De um filho meu, nem de mim

Defenda a moral sem sangue
Ajude a quem precisar
Quando tiver precisão
Peça um pão, pra não roubar

Ouça o velho, ame o menor
Pense em Deus, faça o melhor
Coma e vista do suor
Que o seu rosto derramar

Não queira nada roubado
Nem um amor por fantasia
Escolha mulher sincera
Para sua companhia

Faça, meu filho, o que fiz,
Veja como sou feliz
Só casei com quem me quis
E sua mãe com quem queria

O mundo tem dois caminhos
Um é certo, outro é errado
Na escolha de um deles
É preciso ter cuidado

Se você não escolheu
Um deles pra ser o seu
Se quiser seguir o meu
O exemplo é meu passado

Mesmo na maior idade
Quero estar sempre contigo
Lhe ensinando bons caminhos
Lhe livrando do perigo

Estando perto ou distante
Não lhe deixo um só instante
Porque de agora em diante
Além de pai, sou amigo

Corra mundos, faça amigos
Conheça o que eu conheci
Transmita o que eu ensinei
Conquiste o que eu consegui

Aproveite a juventude
Ame a paz, honre a virtude
Quando quiser quem lhe ajude
“Sua velha mãe”* está aqui

Poeta Sebastião Dias: Poeta, nos asteriscos troquei ‘Seu velho pai” , “por sua velha mãe” por que amei sua poesia e não poderia escolher outra para meu filho Duda,

Cristina Maria Ribeiro Benevides, Salvador, Bahia: 24/12/2012.

***
Presidência da República
Casa Civil
Subchefia para Assuntos Jurídicos
LEI Nº 12.318, DE 26 DE AGOSTO DE 2010.
ALIENAÇÃO PARENTAL
Dispõe sobre a alienação parental e altera o art. 236 da Lei no 8.069, de 13 de julho de 1990.

Art. 2o Considera-se ato de alienação parental a interferência na formação psicológica da criança ou do adolescente promovida ou induzida por um dos genitores, pelos avós ou pelos que tenham a criança ou adolescente sob a sua autoridade, guarda ou vigilância para que repudie genitor ou que cause prejuízo ao estabelecimento ou à manutenção de vínculos com este. 
Parágrafo único. São formas exemplificativas de alienação parental, além dos atos assim declarados pelo juiz ou constatados por perícia, praticados diretamente ou com auxílio de terceiros: 
I – realizar campanha de desqualificação da conduta do genitor no exercício da paternidade ou maternidade; 
VI – apresentar falsa denúncia contra genitor, contra familiares deste ou contra avós, para obstar ou dificultar a convivência deles com a criança ou adolescente; 
VII – mudar o domicílio para local distante, sem justificativa, visando a dificultar a convivência da criança ou adolescente com o outro genitor, com familiares deste ou com avós. 
Art. 3o A prática de ato de alienação parental fere direito fundamental da criança ou do adolescente de convivência familiar saudável, prejudica a realização de afeto nas relações com genitor e com o grupo familiar, constitui abuso moral contra a criança ou o adolescente e descumprimento dos deveres inerentes à autoridade parental ou decorrentes de tutela ou guarda. 
Art. 4o Declarado indício de ato de alienação parental, a requerimento ou de ofício, em qualquer momento processual, em ação autônoma ou incidentalmente, o processo terá tramitação prioritária, e o juiz determinará, com urgência, ouvido o Ministério Público, as medidas provisórias necessárias para preservação da integridade psicológica da criança ou do adolescente, inclusive para assegurar sua convivência com genitor ou viabilizar a efetiva reaproximação entre ambos, se for o caso. 
Parágrafo único. Assegurar-se-á à criança ou adolescente e ao genitor garantia mínima de visitação assistida, ressalvados os casos em que há iminente risco de prejuízo à integridade física ou psicológica da criança ou do adolescente, atestado por profissional eventualmente designado pelo juiz para acompanhamento das visitas. 
Art. 5o Havendo indício da prática de ato de alienação parental, em ação autônoma ou incidental, o juiz, se necessário, determinará perícia psicológica ou biopsicossocial. 

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Lei/L12318.htm

***

QUE DIREITO TINHA A SRA. RENATA BENEVIDES BENEVIDES DE ARAÚJO MOREIRA DE ME EXPOR CRUELMENTE DESTA FORMA. É DESUMANO. QUE DIREITO ELA TINHA EM COLOCAR MEU NOME EM SEU CONVITE DE CASAMENTO SE REPUDIA A MINHA PRESENÇA E EU LÁ NO MATRIMÔNIO NÃO ESTAVA? NO MÍNIMO ELA TINHA QUE ME PEDIR PERMISSÃO EM USAR O MEU NOME E NÃO EU VIVA, USÁ-LO E EU NÃO ESTAR PRESENTE NO CASAMENTO E NEM DAR AUTORIZAÇÃO PARA QUE USASSE MEU NOME EM NENHUM CONVITE OU CARTÃO DE CASAMENTO? SE USA O NOME DE UMA MÃE OU PAI SEM CONSENTIMENTO E AUTORIZAÇÃO ESTANDO OS MESMOS AUSENTES NO MATRIMÔNIO QUANDO FALECIDOS E SE COLOCA “IN MEMORIAM”, TERMO EM LATIM.
UMA EXPOSIÇÃO CRUEL, INIMAGINÁVEL; Presidência da República
Casa Civil
Subchefia para Assuntos Jurídicos

LEI Nº 11.340, DE 7 DE AGOSTO DE 2006.

Cria mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher, nos termos do § 8o do art. 226 da Constituição Federal, da Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra as Mulheres e da Convenção Interamericana para Prevenir, Punir e Erradicar a Violência contra a Mulher; dispõe sobre a criação dos Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher; altera o Código de Processo Penal, o Código Penal e a Lei de Execução Penal; e dá outras providências. direitos humanos.

CAPÍTULO II

DAS FORMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E FAMILIAR

CONTRA A MULHER

Art. 7o São formas de violência doméstica e familiar contra a mulher, entre outras: II – a violência psicológica, entendida como qualquer conduta que lhe cause dano emocional e diminuição da auto-estima ou que lhe prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento ou que vise degradar ou controlar suas ações, comportamentos, crenças e decisões, mediante ameaça, constrangimento, humilhação, manipulação, isolamento, vigilância constante, perseguição contumaz, insulto, chantagem, ridicularização, exploração e limitação do direito de ir e vir ou qualquer outro meio que lhe cause prejuízo à saúde psicológica e à autodeterminação; NADA FIZ CONTRA VOCÊ, RENATA. DE VOCÊ A QUEM CRIEI COM TODO O AMOR, FAZENDO DAS “TRIPAS, CORAÇÃO”. TRABALHANDO DIA E NOITE PARA PROMOVER SEU FUTURO, DANDO-LHE UM MEIO SOCIAL DO MELHOR QUE QUE PUDE E OUTRAS SITUAÇÕES. VOCÊ SABE, O QUE VIVI. E O QUE TIVE QUE SUPORTAR. PODERIA TER LHE ABANDONADO COM SEUS AVÓS MATERNOS E PATERNOS E MUITO JOVEM AINDA, 24 ANOS IR VIVER MINHA VIDA. MAS FUI MÃE, AMIGA, FIZ O MEU MELHOR, FIZ O QUE PUDE. VOCÊ NUNCA MAIS TERÁ UMA AMIGA COMO EU FUI EM SUA VIDA, NEM UM FILHO E LHE DIGO NÃO VOU ACESSAR A JUSTIÇA CONTRA VOCÊ. PARA QUÊ, PERDA DE TEMPO. PARA VOCÊ AGORA ENTREGO AO SR, TEMPO E AO MUNDO E NUNCA MAIS QUERO OLHAR SEU ROSTO JÁ ESMAECIDO EM MINHA MEMÓRIA PELO TEMPO. SUA MENTIROSA, CÍNICA E INCAPAZ DE AMAR.

Anúncios