Polibio Braga que sucedeu Dilma na Secretaria Municipal da Fazenda de Porto Alegre

Ex-secretário da Fazenda (RS) chama Dilma de incompetente e despreparada

 
POSTADO POR LUCIO NETOON 01:381 COMENTÁRIOS

 

Polibio Braga que sucedeu Dilma na Secretaria Municipal da Fazenda de Porto Alegre, dá um depoimento inconteste sobre a incompetência da candidata para administrar qualquer coisa, a começar da lojinha de 1,99 que ela tinha e foi a falência. Segundo a afirmação de relatórios, a gestão de Dilma na Secretaria da Fazenda foi uma verdadeira trapalhada. E foi assim no Ministério das Minas e Energia. Lembram do Apagão? Foi assim na Casa Civil. Lembram do dossiê contra FHC e D. Ruth? Lembram do Caso Lina Vieira? E mais recentemente do Caso Erenice, seu braço direito? Lembram do que ela declarou na Conferência Mundial do Clima de que o meio ambiente é prejudical ao desenvolvimento? Isto sem contar as inúmeras trapalhadas em que ela xingou ministros, políticos e funcionários do seu gabinete e do seu passado como guerrilheira participando de assaltos a bancos, mortes e sequestros.
Por que eleger alguém sem as mínimas condições de ocupar o mais alto cargo no país? Por que Lula quer? Por acaso o eleitor brasileiro é pau mandado? Não tem vontade própria? Ou, simplesmente, está se deixando enganar pelas mentiras plantadas na mídia?
Até o Chico Buarque declarou o seu voto em Dilma afirmando que vota nela por sua competência e porque ela vai continuar a obra social do Lula.
Ora Chico, tinha você na mais alta conta. O considerava uma pessoa inteligente e acima da média. Foi decepcionante ouvir você falar o que falou, provando que está totalmente desatualizado com o seu país. A sua declaração denota, além disso, que ela foi dita por outros interesses que não o verdadeiro sentimento pátrio.

 
 

Transcrevo abaixo, trecho de uma declaração do ex-presidente FHC, que sintetiza toda a trama do governo petista em ocultar fatos verdadeiros e disseminar a mentira. Mentira que engana até pessoas do nível de um Chico Buarque, imagine dos menos letrados.

 

“O outro alvo da distorção petista refere-se à insensibilidade social de quem só se preocuparia com a economia. Os fatos são diferentes: com o Real, a população pobre diminuiu de 35% para 28% do total. A pobreza continuou caindo, com alguma oscilação, até atingir 18% em 2007, fruto do efeito acumulado de políticas sociais e econômicas, entre elas o aumento do salário mínimo. De 1995 a 2002, houve um aumento real de 47,4%; de 2003 a 2009, de 49,5%. O rendimento médio mensal dos trabalhadores, descontada a inflação, não cresceu espetacularmente no período, salvo entre 1993 e 1997, quando saltou de R$ 800 para aproximadamente R$ 1.200. Hoje se encontra abaixo do nível alcançado nos anos iniciais do Plano Real. 


Por fim, os programas de transferência direta de renda (hoje Bolsa-Família), vendidos como uma exclusividade deste governo. Na verdade, eles começaram em um município (Campinas) e no Distrito Federal, estenderam-se para Estados (Goiás) e ganharam abrangência nacional em meu governo. O Bolsa-Escola atingiu cerca de 5 milhões de famílias, às quais o governo atual juntou outras 6 milhões, já com o nome de Bolsa-Família, englobando em uma só bolsa os programas anteriores”, afirmou Fernando Henrique Cardoso. 

É assim que água mole em pedra dura tanto bate até que fura. É a mentira repetida mil vezes que se torna uma verdade. Técnica fascista usada por todos os grandes ditadores da história. E para a história, é bom que se registre aqui, que Lula, o PT e sua candidata foram contra o Plano Real e contra o Bolsa Família. Ambos, considerados por eles como programas eleitoreiros.
Assista ao depoimento do Secretário Municipal de Porto Alegre, Polibio Braga, que sucedeu Dilma:


 
Clicando no nome você vai acessar o blog do jornalista Polibio Braga que me foi indicado por uma leitora que, inclusive, pediu para corrgir o nome dele que eu havia escrito errado. É que eu também entendi errado no áudio do programa do Serra. Mas, tudo bem está feita a correção. Lendo o blog do jornalista e ex-secretário da Fazenda de Porto Alegre, encontrei um post bem interessante que transcrevo abaixo:
 
Foi um fiasco a visita de Michel Temer ao RS
O Presidente do PMDB e da Câmara, vice de Dilma, o Deputado Michel Temer, veio nesta sexta a Porto Alegre e tinha agenda também para Santa Maria, Cachoeirinha, Gravataí, Alegrete e Santa Cruz do Sul.


. Somente o Deputado Mendes Filho acompanhou Michel Temer. O Presidente do PMDB não pode sequer visitar o PMDB do RS, que abraçou em peso a candidatura de Serra.
  
. A visita de Michel Temer ao RS foi um completo fiasco.

É por essa e outras que o presidente Lula mandou abrir o cofre e distribuir emendas para os políticos da sua coligação que estão aderindo em peso ao Serra.
Outro detalhe: o que o jornalista Polibio Braga declarou ao programa do Serra está documentado num livro que ele escreveu “A Casa Civil”. O homem sabe das coisas.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Polibio Braga que sucedeu Dilma na Secretaria Municipal da Fazenda de Porto Alegre

Os comentários estão desativados.