DOR: ALERTA QUE PODE SER CONTROLADO. TORAGESIC > TROMETAMOL CETOROLACO – NÃO TOME EM USO DE ASPIRINA, EXCETO COM ACOMPANHAMENTO MÉDIC

Imagem

Atualmente a dor é definida como uma experiência sensitiva e emocional desagradável associada ou relacionada à lesão real ou potencial dos tecidos. (IASP – International Association for the study of pain). Ela afeta pelo menos 30% dos indivíduos em algum momento da vida e, além de gerar estresses físicos e emocionais, é razão de fardo social e econômico, sendo a principal causa de incapacitação para o trabalho.

Nos Estados Unidos, o custo da dor foi estimado em 40 bilhões de dólares por ano. Um estudo daquele país mostra que a dor lombar, por exemplo, é a causa de ausência em 1400 dias de trabalho por 1000 habitantes por ano. Estatísticas mostram ainda que a maioria dos pacientes com dor recebe tratamento inadequado. Porém, na maioria dos casos, essa dor poderia ser controlada se fosse tratada de forma eficaz.

O controle inadequado da dor prolonga o período de recuperação clínica e o tempo de internação, gerando tratamentos adicionais e, por conseqüência, custos extras para os serviços de saúde e pacientes. O tratamento ideal deve proporcionar um efeito analgésico rápido e duradouro, com um mínimo de efeitos adversos possíveis. O emprego de AINES (antiinflamatórios não esteroidais) é recomendado como primeira abordagem pela organização mundial de saúde e é a prática mais rotineira no combate da dor.

O Trometamol Cetorolaco é um antiinflamatório não esteróide com forte ação analgésica que pode ser administrado por via oral, intramuscular, endovenosa ou ocular. Um estudo realizado nos Estados Unidos mostrou que a intensidade da dor foi mais baixa e houve redução dos efeitos adversos e do tempo da alta dos pacientes que receberam Cetorolaco intra-operatório ou anestésico local*.        

Um medicamento da Sigma Pharma – o Toragesic® – apresenta a potente ação analgésica sem efeitos narcóticos do Trometamol Cetorolaco. O produto é indicado para casos de dor moderada e severa relacionada a diversas especialidades médicas como ortopedia, ginecologia, gastroenterologia, urologia, otorrinolagingologia, odontologia e oncologia. Além disso, pode ser empregado no pós-operatório e no tratamento de emergência de cólicas renais, dismenorréia e traumas, entre outros.

O Toragesic® está disponível em comprimidos sublinguais (que também podem ser deglutidos), ampolas para uso injetável e intramuscular e na nova apresentação: solução oral. 

A apresentação em gotas, desenvolvida pela Sigma Pharma, tem a vantagem de facilitar o fracionamento das doses. Por exemplo, ao invés de prescrever 1,5 comprimido, o médico pode receitar 15 gotas de Toragesic® (uma gota equivale a 1mg do princípio ativo). O produto tem sabor morango e é sem açúcar, ou seja, pode ser usado por diabéticos.

É importante destacar que a apresentação gotas não deve ser utilizada por menores de 16 anos. O Toragesic® pode ser usado em crianças acima de dois anos apenas na forma intramuscular e por no máximo dois dias (dose máxima de 30 mg).

  • Pain as a factor complicating recovery and discharge after ambulatory surgery Pavlin DJ, Chen C, Penaloza DA, Polissar NL, Buckley FP Departament of Anesthesiology, university of Washington, USA. Anesth Analg. 2002 Sep; 95 (3): 627-34, table of contents. Foram avaliados 175 pacientes para determinar a severidade da dor, o uso de analgésicos e a relação da dor com tempo de recuperação pós cirurgia ambulatorial (artorscopia de joelho, herniorrafia, laparoscopia pélvica, cirurgia uterina trans-vaginal, cirurgia de mama e cirurgia plástica). A dor foi quantificada por meio de uma escala de 0-10.

A Sigma Pharma

A Sigma Pharma é a divisão de prescrição médica do Grupo EMS-SIGMA PHARMA, que atua há 41 anos e está entre as maiores indústrias farmacêuticas do Brasil, sendo o vice-líder em unidades vendidas.

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

TORAGESIC >>>

Tem potente ação analgésica.

Eu usei para cólicas renais e funcionou mto bem, principalmente por ser sublingual, funcionava + rápido e eu não tinha problemas com náuseas e vômitos (devido a dor intensa). 

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

EXCELENTE PARA DORES ARTICULARES E DE COLUNAS

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

CUIDADO EM USO DE ASPIRINA, AAS OU ÁCIDO ACETILSALISÍLICO. CONSULTAR MÉDICO.

http://www.she.com.br/secoes/ver.asp?id_mat=187&id_secao_mat=3-1&id=3