ULTRASOM DE CARÓTIDAS E VERTEBRAIS (DUPLEX SCAN DE CARÓTIDAS E VERTEBRAIS) – SAÚDE CARDIOVASCULAR – Doença das artérias carótidas

Imagem

 

Imagem

Veja quais são os fatores de risco e os sintomas da doença das artérias carótidas.- SAÚDE CARDIOVASCULAR – Doença das artérias carótidas

O que é a doença das artérias carótidas?

Há duas artérias carótidas (uma em cada lado do pescoço) e elas têm a função de levar sangue rico em oxigênio para o cérebro. Outras duas artérias menores, chamadas artérias vertebrais, também ajudam na irrigação da parte posterior do cérebro. 

    Da mesma forma que as artérias coronárias, as artérias carótidas e as vertebrais podem ficar doentes pelo depósito de placas de gordura, que obstrui o fluxo de sangue para o cérebro. Com o tempo, a doença das artérias carótidas e vertebrais pode ocasionar um derrame cerebral.

  Quais são os fatores de risco que provocam a doença e agravam o problema?

     Os principais fatores de risco são:

  1. Hereditariedade (parentes que tiveram enfarte ou derrame);
  2. Idade avançada;
  3. Hábito de fumar;
  4. Pressão alta;
  5. Diabetes;
  6. Colesterol ruim (LDL) aumentado;
  7. Doença das artérias coronárias.

Quanto maior o número de fatores de risco, maior a probabilidade de existir a doença.

  Quais são os sintomas da doença das artérias carótidas?

     Pode não haver qualquer sintoma e isto torna a doença mais perigosa. Por vezes, entretanto, antes de ocorrer um derrame o paciente pode se queixar de: 

  1. “Borramento” ou perda transitória da visão;
  2. Fraqueza súbita nos braços ou pernas;
  3. Dificuldade súbita para falar;
  4. Dificuldade para entender conversas;
  5. Perda da coordenação motora, tonturas ou confusão;
  6. Dificuldade para engolir. 

Esses sintomas podem ser os sinais de alerta de que houve um ataque isquêmico transitório e podem durar desde alguns minutos até algumas horas. Quando algum deles ocorrer, leve imediatamente o paciente para o hospital. É impossível dizer se haverá evolução para um derrame!

  Quais são os exames que fazem o diagnóstico de doença das artérias carótidas? 

    Há vários exames úteis para que seu médico possa fazer o diagnóstico de doença das artérias carótidas e vertebrais.  Entretanto, é muito importante que todos que tenham fatores de risco se submetam a uma consulta médica regularmente. Seu médico irá indicar os exames mais úteis no seu caso. Os principais exames são:

  •   Ultra-som de carótidas e vertebrais (Duplex scan de carótidas e vertebrais) – como todo exame de ultra-som é um exame indolor e sem riscos. Através deste exame é possível detectar com muita precisão se há estreitamentos das artérias carótidas e vertebrais. O exame é recomendado para todo portador de doença das artérias do coração (coronárias) e para qualquer pessoa acima dos 50 anos.
  • Angiografia das carótidas – se o exame de ultra-som detectar doença das carótidas seu médico poderá solicitar esta angiografia para avaliar qual o tratamento mais adequado. É um exame invasivo, feito em hospitais, que introduz um pequeno tubo (cateter) por uma veia dos braços ou pernas e injeta contraste nas artérias carótidas.
  • Tomografia computadorizada – é um exame, geralmente solicitado, quando há suspeita de que um derrame cerebral já ocorreu. É utilizado para avaliar se há, ou qual a extensão, de danos cerebrais provocados pelo derrame.